sábado, 2 de janeiro de 2010

2º DIA: Eunápolis x Feira de Santana:


A noite foi complicada: o Rillion (5 anos) teve que ir parar no hospital e ficar no soro. Menos mal pois o hospit
al era exatamente ao lado do hotel. Fiquei lá até certa hora e depois a Lu trocou comigo para qu eu pudesse descansar um pouco.
No dia seguinte felizmente todos dispostos, renovados e prontos para mais uma jornada. Um bom café da manhã e logo pegaríamos a estrada novamente.
Neste dia encontramos um pouco de trânsito enquanto no dia anterior foi uma maravilha: pistas surpreendentemente vazias (imaginava que fosse intenso o movimento).
A parada para almoço foi em Itabuna e mais uma vez a escolha do local para parar não foi muito acertada. Com trauma do dia anterior a escolha desta vez foi por um shopping, onde se esperava "sombra e água fresca". Até que tivemos foi bom mas acabamos perdendo muito tempo ali. Definitivamente: shopping não é lugar para parada rápida... já deveríamos saber disso.
Voltamos para a estrada e pudemos desfrutar de trechos inesquecíveis, como a travessia de uma imensa mata que mais parecia um túnel, dentre outros.
Perdido numa curva um recanto de paz chamado de "Natureza Viva". Muito legal e aconchegante, perfeito para o que precisávamos: momentos de pausa para descansar e esticar as pernas.
Vamos agora com destino a Alagoinhas onde visitaríamos um casal de amigos (Jairo e Rai) mas a noite caiu e como já não sou nenhum menino e já não suporto viajar à noite, fizemos a parada para pernoite em Feira de Santana. Mais uma vez um vacilo: se tivéssemos ficado logo na chegada, em qualquer hotel ou motel ainda na BR-101 teria sido mais negócio do que andar vários quilômetros para chegar ao centro de Feira, em busca de um hotel. Mas chegamos bem, que era o que mais importava.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por sua visita e comentários.