quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Trinta e sete dias... PLR, nada...

Pois é, hoje já é quarta-feira e até agora nada de acordo entre sindicato e empresa. Permaneço assim na expectativa do desfecho desta negociação para saber se será ou não possível a realização desta viagem, na data prevista.

Anteontem conversei com o companheiro peruano Hugo Castilho, com quem trabalhei pelos idos de 2000, e que foi quem tinha nos dado a primeira dica do trajeto pelo Acre, que ele já tinha feito anteriormente. Agora, ele acaba de voltar do Peru, onde foi com familia, visitar outros familiares, repetindo o trajeto. Muitas dicas e referências importantes. Ele ressaltou os cuidados que devemos ter com as curvas nas cordilheiras, sinuosas e intermináveis.

Em tempo: devido a um erro de configuração, após a última "reforma" alguns comentários estavam impedidos de serem feitos. Peço desculpas a quem tentou e não conseguiu e informo que o problema já foi corrigido.

Um comentário:

  1. Oi Elton.

    Só passando para dar um oi. Muito legal o seu blog.

    Essa parte da preparação é tão legal quanto a viagem mesmo, né? Sendo um pouquinho filosófico, no final das contas tudo ocorre dentro da nossa cabeça mesmo. Não tem outro jeito.

    Sentir coisas legais em cima de uma moto é mais fácil, sem a moto você precisa de um pouco mais de concentração. Pelo jeito você está conseguindo essa concentração.

    Parabéns, você vai viajar três vezes (antes, durante e depois do evento físico). Isso é trapaça...

    Abraço,

    Fábio Magnani.

    ResponderExcluir

Agradeço por sua visita e comentários.