terça-feira, 27 de setembro de 2011

Mudança de planos

A vida é assim mesmo, não é sempre que as coisas saem como a gente planeja, e temos que estar prontos prá isso. Prontos principalmente prá ACEITAR esta situação.
Mas, o negócio é "levantar e sacudir a poeira". Contornadas as dificuldades vmos adiante.
Ficou difícil acertar minha escala daqui prá frente (até o fim do ano) prá poder viabilizar a viagem. Mas já dei um jeito e está tudo certo. A nova data de saída é 29 de outubro.
Esta semana comecei de fato a preparar a moto e outros itens.
Recebi o minigravador, para tentar relatar a viagem (falo demais sob o capacete, e quem sabe consigo captar algo que seja útil mais tarde).
Recebi também o navegador Garmin nuvi 1350, que junto com o Garmin V fará o auxílio a navegação. Já atualizei mapas, já baixei mapas de argentina, Chile e Peru.
A moto foi para a oficina da Yamaha e deve sair na próxima semana. Colocados os pneus Michelin Anakee2, trocadas as pastilhas de freio (dianteira e traseira), retentores das bengalas da suspensão dianteria, filtro de óleo, líquido arrefecimento, fluidos de freio, lubrificação geral, checagem na injeção. A notícia ruim é que vou ter mesmo que trocar o disco traseiro. Dei mole e ele está horrível.
O banco Erê chegou hoje e devo montá-lo na segunda.
Estou tentando contato com o companheiro Romolo, prá ver como fica sua escala e se será possível seguirmos juntos já que não me resta outra data.
Conversei com outro companheiro de trabalho, o Claudionor (veterano do Atacama), que está bastante interessado em ir também. Ele vai tentar ajustar sua escala.
Quanto aos demais, permanece o convite: Claudino, Djalma, Vieira, José Carlos, Hugo... ainda há tempo!! Quem sabe algum deles se anima?

4 comentários:

  1. é isso aí!!!
    boa viagem para vocês!
    não esqueçam de passar as experiências depois hein??
    Tudo de bom e boa sorte!!

    ResponderExcluir
  2. Valeu Rosangela!!
    Tá uma correria, mas há de valer a pena.
    Ainda mais com as últimas novidades... aguarde.

    ResponderExcluir
  3. Tenho esse Garmin. Trouxe da minha viagem na Bélgica. Se soubesse que queria podia trazer de lá. Saiu bem barato, mesmo tendo que comprar o mapa do Brasil aqui.

    ResponderExcluir
  4. Marcel, mas os melhores mapas do Brasil para os GPS da Garmin são gratuitos: Projeto TrackSource. São melhores que os da Garmin. Se nunca usou, experimente. Baixe-os do site do Projeto e seja feliz. Vlw.

    ResponderExcluir

Agradeço por sua visita e comentários.