quinta-feira, 10 de novembro de 2011

13º Dia - Iquique-CHI



Após um bom café da manhã e um papo bastante agradável com o Sr. Izaias, que nos falou com saudosismo sobre "outros tempos". Falou das mineradoras, das vilas que mais tarde acabaram abandonadas devido à queda de valor do salitre no mercado mundial e várias outras histórias do Chile.
Na saída fizemos questão de uma foto com nosso anfitrião tão simpático, na saída da garagem, que dá para uma espécie de praça, à beira mar.



Mejillones é uma pequena cidadezinha, aconchegante e arrumadinha. Na saída aproveitamos para circular um pouco pelas ruas e registrar através de fotos nossa passagem por ali.

O hotel onde passamos a noite
Imitando a chilena


Saindo da cidade
Terminal Mejillones [VER NO MAPA]



Saímos pela rodovia B-262 e logo chegamos à Panamericana por onde partimos rumo a Iquique.
A temperatura estava em torno de 12 graus... uma delícia!
Do lado direito a muralha das Cordilheiras e do lado esquerdo o Pacífico. Alguns quilômetros adiante paramos para umas fotos e avistamos ao longe umas edificações próximas da praia, e resolvemos ir dar uma olhada.

De um lado o Pacífico...

...do outro as Cordilheiras...

... e adiante a rodovia Interoceânica... [VER NO MAPA]

... resolvemos ir olhar aquela prainha.  [VER NO MAPA]



 Lá vamos nós, rumo à Playa Punta Chacaya (descobrimos pela placa encontrada no chão).

 [VER NO MAPA

 [VER NO MAPA]

 [VER NO MAPA]

 [VER NO MAPA]



Ficamos apreciando o Pacífico bem de pertinho e as aves quase não se importavam com nossa presença. Naquele momento a pergunta que pairava em nossas mentes era: será que alguém tem coragem de entrar nessas águas geladas? Seguimos sem resposta.

Ao fundo as motos... ainda mais ao fundo o "paredão"



Povoados pobres às margens da Panamericana



Paramos na cidade de Tocopilla, capital da província Tocopilla, para almoçar. É uma cidade até razoável diante da maioria da região mas tem apenas cerca de 25.000 habitantes. Por ali, assim como tem sido no Chile, motos são raridade. Lembro-me de ter visto motos em San Pedro de Atacama, mas de lá pra cá foram pouquíssimas... umas três no máximo. Eles não sabem o que estão perdendo...

Adicionar legenda


Após devidamente abastecidos seguimos em direção à Iquique-CHI.


Adicionar legenda


Tunel Pedro Galleguillos

Tunel Pedro Galleguillos... [VER NO MAPA]
Olhas elas aí


Chegamos em Iquique e mais uma vez a dificuldade de conseguir hospedagem. A "síndrome das pickups vermelhas"... quando chegávamos num hotel e avistávamos "esta espécie" já nem perguntávamos mais... partíamos para outro.
Rodamos um pouco, eu e a Lu, enquanto Wellington e Anna Paula ficaram aguardando. Encontramos finalmente o Hostal Vivar, bem simples mas o suficiente para o que queríamos: água quente para um banho e camas para descanso.
Saímos mais tarde para comermos algo chegamos à uma pizzaria de nome Tomatina... uma pizza deliciosa. Não era por excesso de fome não... era muito boa mesmo. Eu queria aproveitar um pouco mais a noite... muitas opções aparentemente interessantes, mas a turma só pensa em dormir. Tudo bem...









Chegando em Iquique-CHI



Iquique-CHI

Cassino local
Enquanto esperava a pizza teve que ir numa doceria
Pizza deliciosa!!!

<< ANTERIOR         |     INÍCIO    |         PRÓXIMA >>

2 comentários:

  1. Muito legal o blog. Voce escreve muito bem e de maneira clara. Parabéns pelo espirito aventureiro e obrigado por dividir a sua experiencia conosco.

    Paulo

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Paulo, que bom que gostou. A vida é simples, a gente que complica às vezes...rsrs.

    ResponderExcluir

Agradeço por sua visita e comentários.