quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Capitais Sulamericanas I


Percurso total: 8791 km

Este roteiro envolve quatro países da América do Sul: Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai, e passagem pelas respectivas capitais: Montevideo, Buenos Aires, Santiago e Assuncion.
Estimo o custo por pessoa (e moto) entre 3,5 e 4,5 mil reais, a depender do grau de exigência de cada um. Durante o dia acho importante comidas leves ou lanches para evitar aquela "lombeira" depois das refeições. Prefiro comer alguma coisa em mais paradas curtas do que uma parada mais longa e um baita prato.
À noite pode ser um jantar mesmo, mas me dou muito por satisfeito com uma pizza, ou algo assim.
A hospedagem é de econômica até "três estrelas" (considerando padrão brasileiro). Não exijo sofisticação, procuro basicamente bom preço, acomodações limpas e chuveiro quente.
A previsão é de 22 dias, com 01 (um) dia de turismo em cada capital. Obviamente que, conforme a disponibilidade de quem for viajar, pode-se estender por exemplo para 25 dias, o que permitiria aumentar a estadia em alguma(s) destas capitais, ou mesmo criar parada em outras cidades.


Como faço o planejamento?
1º) Traço o percurso que quero fazer;
2º) Vou fracionando o mesmo em distâncias entre 400 e 700 km para compatibilizar as paradas com lugares interessantes, considerando neste momento apenas pernoites;
3º) Agora observo o número de dias necessário para cumprir o trajeto e vejo de quanto tempo disponho, assim vou poder determinar quanto tempo poderei ficar sem deslocamento, fazendo turismo local.

É importante isso pois temos que abrir mão de lugares interessantíssimos em função do limite do tempo mas é absolutamente necessário nestas circunstâncias.
Se você não quer passar o dia se deslocando (a maior parte do tempo), se quer passear pelas cidades e não pelas estradas, se acha cansativo ou sobre humano ficar de seis a dez horas por dia sobre a moto e rodar de 400 a 700km, então te dou uma dica melhor que todas estas: vá de avião!!! Caso contrário... me passa um email ou me liga... "tamu juntos"!!!

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Ushuaia 2013

Você já ouviu falar no Fim do Mundo? Pois é, ele existe.

Chama-se Ushuaia e é mais lindo do que você possa imaginar. Ushuaia é uma pequena cidade da Argentina,  com pouco mais de 20 mil habitantes. É a capital da Província da Terra do Fogo, no extremo sul da Argentina, há apenas 700 quilômetros da Península Antártica. Recebeu o apelido de “Cidade do Fim do Mundo”, por ser a cidade mais ao sul (austral) do planeta que se pode chegar por estradas.




Foi colonizada por europeus a partir de meados do século XIX, e a cidade cresceu lentamente ao longo da primeira metade do século XX, organizando-se em torno da instalação de um grande presídio, o que fez com que se formasse uma impressão sombria sobre o local. A partir da metade do século este presídio foi extinto, a cultura se diversificou e o progresso se deu mais rápido, depois por receber a visita do navio Beagle onde viajava Charles Darwin e finalmente ao se tornar Zona Franca para o comércio, inclusive com incentivos governamentais para a fixação de novos residentes.



Hoje, é conhecida e respeitada como um dos mais belos atrativos turísticos da América do Sul, e se tornou conhecida com a "Cidade do Fim do Mundo". Realmente Ushuaia é um lugar maravilhoso, cercado de altas montanhas coroadas de neve, lindos bosques nativos, lagos cinematográficos e margeada pelo histórico Canal de Beagle.



Ushuaia tem um clima frio e úmido com bastante vento durante todo o ano. No inverno, que vai de junho a outubro, a temperatura varia de -6º C e 4º C, e do centro de Ski Cerro Castor a temperatura pode chegar a -15ºC. Entre os meses de outubro e março, a temperatura está mais quente e agradável, com temperatura média de 10oC. Nesta época, os dias ficam mais longos, com duração de até 18 horas. Esse período é ideal para realizar trekkings e passeios de barco.



A pinguineira pode ser visitar entre os meses de dezembro e fevereiro, quando são registradas temperaturas que variam de 6ºC a 18ºC.



Se você quiser ir ao Ushuaia via terrestre poderá fazê-lo através de estradas até o Estreito de Magalhães, onde será necessário a travessia por balsa (cerca de 20 minutos). Após a travessia virá a aduana de saída da Argentina e entrada no Chile. Depois, cerca de 250 km de estrada de rípio até a próxima aduana (saída do Chile  entrada na Argentina) e finalmente se chega ao fim... fim do mundo.