quarta-feira, 10 de abril de 2013

Premissas da viagem


Se você se interessa em participar da Expedição Ushuaia, é bom conhecer algumas das premissas da mesma:

1. Abastecimento: Sempre que o veículo que tiver a menor autonomia entrar em “reserva” ocorrerá, no próximo posto, parada de todos para abastecimento;
2. Jornada na estrada: A escolha do estabelecimento para pernoite é individual porém o horário de saída será SEMPRE em torno das 7h30min, e haverá penalização por "minuto de atraso" para quem atrasar (condutor ou qualquer um de seus acompanhantes) comprometendo todo o grupo. O horário limite para pilotagem será às 18:00h, e a partir deste horário faremos a parada na primeira cidade onde exista hospedagem, evitando ao máximo rodarmos durante a noite;
3. Lanches e Refeições: Não há horários definidos para as paradas para lanches, que deverão ocorrer em paradas para abastecimento e sempre intercaladas com pelo menos UMA parada sem lanche. Os lanches deverão ser preparados no início da manhã e acondicionados em caixa térmica que irá dentro do carro, e serão constituídos de sanduíches, biscoitos, doces, frutas, queijo, salame, pão, refrigerantes, sucos, bolachas e bolos. O objetivo é otimizar as paradas e ao mesmo tempo evitar refeições pesadas durante o dia;
4. Bebidas alcoólicas: Só poderão ser consumidas após o término da jornada diária e ainda assim com moderação para não comprometer o dia seguinte;
5. Intercomunicador: Cada veículo (carro ou moto) deve possuir pelo menos um intercomunicador do tipo Scala Rider;
6. Combustível Reserva: Cada veículo deve levar um reservatório (galão) de combustível reserva com quantidade suficiente para rodar pelo menos 75 km;
7. Documentação Veicular: Todos os veículos devem estar devidamente documentados e, em caso de alienação, com uma carta de autorização da financeira;
8. GPS: É interessante, embora não obrigatório, que cada veículo possua um GPS para auxiliar na navegação (usar o mapa do Proyeto Mapear Argentino);
9. Adaptador de tomada: É interessante que cada veículo possua seu próprio adaptador para tomadas;
10. Veículos: Devem estar em bom estado, revisados, pneus novos, e autonomia mínima de 250 km;
11. Velocidade: A velocidade média de cruzeiro será na ordem de 110 a 125 km/h;
12. Trajeto: Será definido antes da saída, podendo ser recalculado durante a viagem, desde que haja consenso entre os participantes;
13. Hospedagens: Não será feito qualquer tipo de reserva antecipada para que isso não provoque, ao longo da viagem, pressa (aumento de velocidade) ou prolongamento da jornada diária (além das 18:00h). A escolha é individual porém deve ser respeitado o horário de saída no dia seguinte , a partir de um ponto comum, de encontro;
14. Rípio: No sul da Argentina vamos percorrer em torno de 135 km em estrada de rípio (chão batido com “pedrinhas” soltas), portanto esteja preparado para isso;
15. Temperatura: Podemos passar por trechos com altas temperaturas (em torno de 37 a 40°C) e outros com temperaturas abaixo de 5°C;
16. Veículos: Inicialmente previsto 01 carro e duas motos;
17. Bagagem: Imagine tudo o que poderia precisar e depois elimine 50%, com bastante critério. Seja prático e somente leve o estritamente necessário. Lembre-se que deve “sobrar” algum espaço em sua bagagem, portanto moda e conforto devem ficar em segundo plano ou até mesmo ser esquecidos;
18. Objetivo: Esta viagem é de turismo porém não dispomos de todo o tempo do mundo, o que nos obriga a evitar paradas desnecessárias e sermos rápidos, quando de fato pararmos. Não dá pra ficar curtindo por muito tempo as lindas paisagens ou lugares "mágicos", é preciso seguir adiante. Também passaremos por trechos desérticos e distantes, e é tudo isso que faz dessa viagem , acima de tudo, uma grande aventura;
19. Data da Viagem: Por que novembro/dezembro? Para evitar períodos de frio mais intenso e de chuvas mais freqüentes. Mas lembre-se: não estaremos livre do frio e podemos enfrentar algumas chuvas, portanto esteja preparado;
20. Preparo Físico: É interessante que, pelo menos nos três últimos meses que antecederão a viagem, você procure fazer alguma atividade física para desenferrujar "o esqueleto" e fortalecer os músculos.
21. Multa: Atrasos acarretarão penalização aos respectivos condutores (responsáveis pelo atraso seu, ou de seus acompanhantes), com perda de pontos, que no final da viagem serão convertidos em valor monetário e descontados de uma valor "caução" que será recolhido antes do início da viagem, de cada condutor. Assim, quem não tiver penalização recolherá este valor "caução" integralmente, e quem tiver penalização irá perder parte do mesmo, proporcionalmente aos pontos perdidos.  
22. Proibido: Consumir ou portar drogas ou quaisquer substâncias ilícitas e consumo excessivo de bebida alcoólica.
23. Velocidade: A velocidade "de cruzeiro" é na ordem de 120 a 130 km/h, e acredite, isso dá uma média REAL de 65 a 75 km/h ao fim do dia, quando se passa em muitos vilarejos, ou de 85 a 95 km/h quando estes são poucos (para a média real é levado em conta paradas, desaceleração e retomadas). 
24. Percurso diário: É razoável que a média diária seja na ordem de 500 km, sendo 400 km o mínimo e 800 km o máximo. 

Um comentário:

  1. Estamos divulgando o site da festa de 30 anos do Motoclube Pés Vermelhos de Londrina/Pr... Apareçam!

    www.pesvermelhos.com.br

    Abraço,

    Fabiana.

    ResponderExcluir

Agradeço por sua visita e comentários.