sábado, 29 de junho de 2013

28/06 - Décimo Dia - Alagoinhas-BA


Hora saída: 09:00h
Hora Chegada: 17:10h
Tempo total: 08 horas e 10 minutos
Distância Percorrida: 487 km
Velocidade Média: 59,4 km/h
Consumo Combustível: 16,8 km/l

Tudo pronto para a saída, tempo meio chuvoso, partimos às 09:00h. após nos despedirmos do casal de amigos Omena e Nadja,  pra quem deixamos também nossos agradecimentos pois foram muito atenciosos e gentis conosco. Abastecemos num posto na orla e deixamos Maceió, já sentindo muita saudade desse lugar mágico.

Despedida dos amigos Omena e Nadja

Apesar do desgosto na vinda, resolvi fazer o mesmo percurso visto que agora estava de dia e o tempo foi melhorando, com a chuva passando e o sol se abrindo. Mas foi aí que descobri que fui um herói somente caindo em três buracos naquele dia, afinal haviam muitos buracos, mas muito mesmo. A tortura começa logo após a praia do Gunga, com crateras se alternado em distância e lado da pista. Um horror. Eu ia passando e imaginando como que tínhamos passado por toda aquela tormenta sem maiores sustos. Mas é depois de Coruripe que o "bicho pega". Dali até Piaçabuçu é um inferno, e só tem uma explicação: Deus. Ou Ele nos desviava dos buracos ou desviava os buracos de nós.


Na balsa, para travessia do rio São Francisco, em Penedo-AL
Definitivamente algo sobrenatural aconteceu pois eu não enxergava quase nada naquela noite, chovendo, viseira toda respingada e mais um detalhe que só resolvi na Yamaha em Maceió: os faróis estavam muito altos e não iluminavam a estrada. Pra se ter uma ideia, eu não podia usar o farol alto pois ele iluminava totalmente fora da estrada, e quando cruzava com outros veículos eles reclamavam e o que eu ia fazer, se já estava no baixo? Só depois da dica da Lu foi que passei a jogar o alto quando cruzava com outros veículos e então eles pararam de reclamar.


Fizemos uma parada de 20 minutos em Piaçabuçu para comer algo leve e hidratar. Chegamos em Penedo-AL às 12:00h, após 167 km, e aguardamos uns 10 minutos para a chegada da balsa.

Às 14:00h paramos num posto em Rosário do Catete-SE para abastecimento da moto e mais um lanche leve, e dois RedBulls, pois a Lu estava com sono turbinado.

Às 17:10h chegamos em Alagoinhas-BA e fomos para a casa do amigo Professor Bacta (vulgo "Bactéria", como é conhecido na plataforma). Fomos muito gentilmente recebidos por ele, pela esposa Márcia e pelas filhas.

Juntou-se a nós nesse dia (ou melhor: nessa noite) um outro velho amigo, o "cumpadi" Jairo. Muita resenha...kkkkk.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por sua visita e comentários.