quarta-feira, 19 de junho de 2013

19/06 - Primeiro Dia - Teixeira de Freitas-BA


- Hora saída (Itaperuna-RJ): 06:10h
- Hora Chegada (Teixeira de Freitas-BA): 17:00h
- Tempo total: 10 horas e 50 minutos
- Distância Percorrida: 654 km
Velocidade Média: 60 km/h
- Consumo Combustível: 16,50 km/l

A previsão de saída era para 05:00h da manhã mas estávamos os dois cansados dos dias anteriores, de trabalho e pouco sono, e esticamos, propositalmente um pouco mais, conclusão: saímos às 06:10h. Abastecemos a moto na saída de Itaperuna e a temperatura era de 25°C (uma delícia!!!).

Como todo início de viagem eu levo um tempo pra me "verificar" todo o comportamento da moto, fixação das malas, suspensão, pneus, freios, etc. Ando de forma bem mais moderada e observando qualquer comportamento anormal mas, a medida de os quilômetros vão ficando pra trás, vou pegando confiança e passamos a andar mais.

Paramos em Meaípe-ES para um café rápido, às 09:10 h, mas acabamos ficando ali por 30 minutos pois ainda fomos a uma farmácia. Voltamos à estrada e rodamos por mais 90km, passando por Vila Velha, Vitória e Serra-ES. Fizemos uma parada para abastecimento, às 11:30 h, após 317 km rodados.

Parada para espantar o sono

Rodamos mais  2:15 h  e tive que dar uma parada pois a Lu estava com muito sono e isso me preocupava. Paramos na saída de São Mateus-ES, por 30 minutos, na tentativa de reanimá-la. Sabíamos que todas estas paradas que não estavam previstas nos trariam um grande prejuízo ao planejamento, mas estávamos decididos a não forçar demais.

Nesta ela chegou a se deitar no chão, de tanto sono

Chegamos a Teixeira de Freitas-BA às 17:00 h  e percebemos que, embora ainda houvesse um pouco de claridade, era melhor parar. A Lu cochilava demais e precisava descansar. Logo que entramos na cidade eu falei pra Lu que o povo dali gosta muito de motos, e que quando ali passei, pela primeira vez, em 1998, fui ajudado por um motociclista que encontrei num posto após a cidade, retornando paraItaperuna). Ele me alertou quanto ao estado da corrente da Sahara e me acompanhou até uma oficina onde me encaminhou. Minha impressão estava correta, e percebíamos que todos os motociclistas nos cumprimentavam amistosamente. Nossos agradecimentos pela cordialidade generalizada.

A voltinha num shopping não poderia faltar

Encontramos uma pousada (Lirius), onde tomamos um bom banho. Fomos à um shopping quase ao lado, onde lanchamos e curtimos uma excelente música ao vivo. Voltamos cedo e fomos ao merecido descanso.

Curtindo uma ótima música

Infelizmente, quando consegui conectar na internet, o sono já tomava conta de mim e me rendi. Deixei para o dia seguinte os registros da viagem.

RESUMO:
- Paradas não programadas devido sono da Lu
- Comunicador Scala Rider funcionando muito bem, nos permitindo conversar durante toda o trajeto



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por sua visita e comentários.