quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Primeiro encontro


Depois de vários papos "virtuais" realizamos o primeiro encontro "real" entre todos os participantes da Expedição Bonito 2015. Foi na minha casa, e tive a honra e prazer de receber o Hudson e o Hespanhol, e conversamos muito, trocamos idéias e acertamos alguns detalhes da viagem.

O roteiro foi ligeiramente modificado, com a inclusão de Foz do Iguaçu-PR (e consequente e naturalmente, Cidade Del Este, no Paraguai), antecipação da partida em três dias, e o aumento de dois dias no tempo total inicialmente acertado (no post RESUMO o roteiro e cronograma já estão atualizados).

Falta definir agora como e onde se dará a união de todo o grupo na estrada, visto que sairemos todos de Itaperuna-RJ, exceto o Hespanhol, que sairá de Saquarema-RJ. Logo saberemos.







Itaocara-RJ


Pesque Pague São João, em Itaocara-RJ, 23/08/2015
- Distância Percorrida: 86 km
- Participantes: Elton/Lourdes, Wellington/Rillion e Hudson.

Tenho sentido a necessidade de andar mais de moto, seja para onde for, mas andar. Foi pensando nisso que resolvi adotar uma nova fase em meu blog e minha vida, passando a realizar pequenos passeios, tipo bate-volta (de um só dia), ou de "fim de semana" (dois dias), e sempre na companhia de outras pessoas, amigos ou familiares.

Tenho uns dez a quinze roteiros de um só dia e outro tanto de dois dias... agora é só começar a andar. E foi o que fiz neste último fim de semana, quando convidei o amigo Hudson para um almoço em Itaocara-RJ, mais especificamente no Pesque Pague São João, que a Lu tinha conhecido uma semana antes. Além do passeio de moto, a iniciativa também tinha outro viés que era a de falarmos sobre a Expedição Bonito 2015.

Saimos de casa por volta das 10:00h e rodamos tranquilos, pelos 86 km que nos separam do local. Estradinha pouco movimentada, poucos carros, e excepcionalmente encontramos várias motos, provavelmente devido a diferentes encontros que ocorriam neste mesmo fim de semana em lugares na redondeza.

Por diversas vezes tive vontade de soltar de soltar as mãos, erguer os punhos e gritar de alegria... aquele ventinho gelado no rosto... tudo de bom. Que terapia maravilhosa e eficaz.

O local, também tranquilo, simples e aconchegante, perfeito pra quem curte coisas assim, e uma comida maravilhosa, também aos olhos de quem se importa mais com o tempero e sabor do que nomes difíceis, talheres de prata, pratos de porcelana ou outras frescurites. Adorei... ou melhor: adoramos!!!

Valeu pela terapia, valeu pelo almoço... valeu pelo prazer de compartilhar coisas boas com pessoas de quem a gente gosta.